Lontra Louca: 05/06/16 - 12/06/16

Lontra Louca

Créditos

Templates da Lua - templates para blogs
Essa página é hospedada no Blogger. A sua não é?

Pesquisar este blog

Diario de um Tolo (pag. 13)

   Sinceramente não sei mais o que pensar, estou triste pela forma que isso aconteceu, não sei se fui rejeitado e você não quis me contar a verdade, ou se realmente alguém realmente fez isso para nos separar, porem posso afirmar que nunca faria algo semelhante a você.
Sei que essas provavelmente são palavras ao vento as quais você nunca lerá. Porem como sempre usarei este blog para desabafar algo que pesou muito em meu coração.
   Como posso explicar a felicidade que você conseguiu trazer para minha vida? E como explicar que essa saida abrupta e sem sentido me deixou caido, posso me fazer de forte para todos ao meu redor porem somente eu sei o quanto isso me machucou.. sinceramente espero que um dia você me diga que isso foi algo que alguém fez, que você nunca diria aquelas palavras ou duvidaria do que sinto por você.
   Nunca te fiz falsas ou vazias promessas... apenas aquilo que poderia lhe oferecer, sempre fui verdadeiro e simples, nunca dei motivos para que duvidasse de nada que eu lhe falei.
   Todos os planos, conversas, risos... tudo que passamos foi verdadeiro e muito intimo para mim. Não sei se voltarei a ter o prazer e a felicidade de estar ao seu lado mais, mas sinto um grande vazio sem você agora, sei que tudo passa um dia, mas isso vai ser algo que não passara tão rapido, talvez foi só uma peça que o destino criou para meu caminho, me mostrar algo tão belo e brilhante para que eu veja que a vida pode ser melhor e acreditei com todas as minhas forças nele. Não sei o que aquele velho planeja.. talvez tenha que esperar uma próxima  vida ou num futuro que desejo ardentemente que não seja distante. Acredito no que eu sinto e quero acreditar que você também sente. Caso decida por não mais falar comigo saiba que te amo e te guardarei para sempre numa parte do meu coração.

Att. VPA

“‘Akai Ito’ é uma lenda que diz que quando a pessoa é destinada a outra, ambas têm um laço vermelho que as ligam, no dedo mindinho. O laço pode embaraçar, emaranhar, mas ele nunca quebra. O laço não é visível a olho nu, mas está lá desde o momento do nascimento. Quanto mais longo estiver o fio, mas longe as pessoas estão e mais tristes estarão. Sequer a morte o rompe, apenas o alarga para se encontrarem em outra vida”.

Continue lendo

Termos para o conteudo do blog:

Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indico onde se encontra.Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador.Eles podem ser baixados apenas para teste, devendo o usuário apagá-lo ou compra-lo após 24 horas.A aquisição desses arquivos pela internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário.O dono, webmaster e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuario venha a baixar e para que irá utilizá-los.